Começam a valer em 1º de setembro as placas ”Mercosul”

A partir de 1º de setembro de 2018, os veículos 0km, os que tiverem transferência de município/propriedade ou quando houver necessidade de substituição das placas já terão as novas placas.

Os demais veículos terão até 31/12/2023 para mudar.

Foi publicada Resolução do Contran nesta quinta-feira (8/3/18), regulamentando a questão.

Este novo modelo de placa já é utilizado na Argentina e foi adiado duas vezes no Brasil (adotada em 2016, foi prorrogada para 2017 e depois sem prazo definido).

Características: a nova placa terá uma tarja azul, bandeira do Brasil e a configuração de letras e números (4 letras e 3 números, embaralhados).

Contará, também, com chip e um código tipo QR Code, o que possibilitará, segundo o Denatran, identificar veículos roubados ou clonados em todo Mercosul, além de compartilhar as informações em cancelas e pedágios.

Com isso, não será mais necessário ter lacre nas placas.

Com toda esta tecnologia, muito se tem especulado sobre o valor das novas placas. O Denatran confirmou que a placa será produzida nacionalmente, o que poderá diminuir seu custo.

Em SP, por exemplo, um par de placas custa R$ 128,68. 

Contato

Deixe que trabalhamos para você.